Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mundo da Fórmula 1

Toda a informação sobre o pináculo do desporto automóvel, em português.

Toda a informação sobre o pináculo do desporto automóvel, em português.

Corrida (Canadá 2017)

Lewis Hamilton ganhou pela sexta vez o Grande Prémio do Canadá. O inglês saiu em primeiro e manteve a posição durante toda a corrida. Em segundo lugar ficou o seu colega de equipa, Valtteri Bottas. Daniel Ricciardo fechou o pódio, que teve direito a shoey. O piloto da Red Bull surpreendeu todos ao apostar em pneus macios na sua única pit stop.

 

Na partida, Max Verstappen voou do quinto lugar até segundo, tocando na asa do Ferrari de Vettel que foi obrigado a ir às boxes. O piloto alemão desceu até ao último lugar e a partir daí passou a corrida a ganhar posições, para acabar em quarto. Verstappen aguentou-se em segundo lugar até à volta 11, quando o seu Red Bull parou na curva 2, cedendo o lugar a Bottas.

 

 

Ainda na primeira volta, Felipe Massa foi arrastado para fora da pista por Carlos Sainz, que perdeu o controlo do carro depois de um toque com Grosjean. O Toro Rosso de Kvyat também não acabou a corrida. O piloto russo teve de cumprir uma penalização nas boxes, mas acabou por ficar por ali com problemas no carro.

Fernando Alonso também não completou a corrida. O espanhol esteve várias vezes a lutar por um lugar nos pontos, mas o seu motor Honda não aguentou, a duas voltas do final.

Quem surpreendou foi a Force India, que teve os dois pilotos a lutar com Ricciardo pela terceira posição durante quase toda a corrida. Acabaram por ser ultrapassados por Vettel no final, e assim Perez ficou em 5º e Ocon em 6º. Kimi Raikkonen não foi além do sétimo lugar. O piloto da Ferrari desceu três lugares na partida, e embora no fim estivesse mais rápido e a ganhar posições, devido à troca de pneus, um problema nos travões não lhe permitiu ir mais além.

 

A autora

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.