Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mundo da Fórmula 1

Toda a informação sobre o pináculo do desporto automóvel, em português.

Toda a informação sobre o pináculo do desporto automóvel, em português.

Corrida (Hungria 2017)

O Hungaroring viu a Ferrari a fazer uma dobradinha, naquela que foi a quarta vitória da temporada para Sebastian Vettel, que não teve uma corrida fácil. O alemão teve vários problemas com o volante e não conseguiu ser tão rápido como Kimi Raikkonen, que acabou por ficar em segundo. Ainda assim, conseguiu a vitória e lidera o campeonato com uma margem de 14 pontos.

 

 

Valtteri Bottas completou o pódio e Lewis Hamilton não foi além do quarto lugar. Os colegas de equipa chegaram a trocar de posição, numa tentativa de Hamilton ultrapassar Raikkonen mas quando isso não foi possível, o britânico devolveu o lugar a Bottas.

O ambiente na Red Bull está tenso, após Daniel Ricciardo ser obrigado a abandonar a corrida depois de um toque de Max Verstappen. O holandês teve de cumprir 10 segundos de penalização e acabou em 5º. Nas entrevistas, Ricciardo disse ser um sinal de "imaturidade" da parte do colega de equipa.

Destaca-se a McLaren, que pela primeira vez na temporada, teve os dois pilotos a pontuar. Fernando Alonso acabou em 6º, e fez a volta mais rápida da corrida, e Stoffel Vandoorne em 10º.

 

 

Paul Di Resta, que substituiu Felipe Massa, estive na última posição durante a maior parte da corrida, e acabou por abandonar devido a uma fuga de óleo.

Nico Hulkenberg estava a lutar por um lugar nos pontos, quando Kevin Magnussen o empurrou para fora da pista. Hulkenberg acabou por abandonar devido a problemas no Renault, e Magnussen teve uma penalização de 5 segundos.

Romain Grosjean foi o outro piloto a abandonar, após uma paragem nas boxes em que um dos pneus ficou mal apertado.

 

 

A Fórmula 1 regressa nos dias 25 a 27 de agosto, após uma pausa verão.

A autora

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.