Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mundo da Fórmula 1

Toda a informação sobre o pináculo do desporto automóvel, em português.

Toda a informação sobre o pináculo do desporto automóvel, em português.

Alonso confirmado nas 24h de Le Mans e no WEC

Depois da participação de Fernando Alonso nas 24h de Daytona, durante o passado fim de semana, foi confirmado que o piloto espanhol irá competir no Campeonato de Endurance (WEC), que incluí as míticas 24h de Le Mans.

Apesar de ser mais um passo para alcançar a "Triple Crown" (vitória no GP do Mónaco, em Le Mans e na Indy 500), Alonso continua a afirmar que o foco principal é a Fórmula 1, especialmente num ano que poderá trazer mudança, com a parceria McLaren-Renault. 

 

 

Alonso vai juntar-se à Toyota e a Sebastien Buemi e Kazuki Nakajima, no carro número 8, no LMP1.

A sua estreia no WEC será em maio, em Spa-Francorchamps, e o duas vezes Campeão do Mundo deverá competir em todas as corridas que não coincidam com a F1. Assim, ficará de fora das 6h de Fuji, que se irão realizar no mesmo fim de semana que o GP dos Estados Unidos, a 21 de outubro.

 

 

Em Daytona, Fernando Alonso terminou a corrida em 38º na geral. A corrida ficou ainda marcada pela vitória de dois portugueses, Felipe Albuquerque e João Barbosa, que fizeram equipa com o brasileiro Christian Fittipaldi.

McLaren com penalizações no GP do México

Os pilotos da McLaren vão partir do fim da grelha, na corrida de domingo.

Fernando Alonso, que abandonou o GP de Austin, no fim de semana passado, devido a problemas do motor Honda terá uma penalização de 20 lugares.

Stoffel Vandoorne deverá cair 35 lugares. Ambos os pilotos vão trocar o motor, turbocompressor, e MGU-H.

 

C2EA70CF-EB32-4A5D-8FD3-5F95863986EC.jpeg

 

Por enquanto, apenas é esperado que Pierre Gasly se junte aos pilotos com penalizações, com uma perda de 5 lugares na grelha.

Fernando Alonso irá participar nas 24h de Daytona

Depois de alguma especulação, foi confirmado pela McLaren que Fernando Alonso irá participar nas 24h de Daytona, com a United Autosports, na categoria LMP2.

O piloto espanhol vai correr ao lado de Lando Noris, o mais recente campeão de Fórmula 3, e Phil Hanson, o piloto mais novo de sempre a terminar no top 10 das 24h de Le Mans.

 

 

Alonso já tinha mostrado o seu interesse em fazer a Triple Crown do automobilismo: vencer o Grande Prémio do Mónaco, as 500 Milhas de Indianápolis e as 24h de Le Mans.

Com a vitória no Mónaco, atingida em 2006 e 2007, o piloto da McLaren tentou a Indy este ano e tentará Daytona, como uma possível preparação para Le Mans.

As 24h de Daytona realizam-se nos dias 27 e 28 de janeiro, de 2018.

Fernando Alonso continua na McLaren

Depois de muita especulação, está confirmado que Fernando Alonso vai continuar na McLaren em 2018.

Tem sido um ano difícil para o piloto espanhol e para a equipa, marcado por vários abandonos, e Alonso já tinha ameaçado sair caso não tivessem vitórias até ao final do ano. Mas, com a notícia de que a Renault será a fornecedora de motores para a próxima temporada, a situação parece estar diferente.

 

"É fantástico poder continuar a minha relação com toda a gente na McLaren. Foi onde o meu coração me dizia para ficar, e aqui sinto-me em casa. É uma equipa fantástica, com imensa gente incrível, com uma amizade que nunca experimentei em mais lado nenhum na Fórmula 1. Estou muito feliz por continuar a correr aqui."

 

 

Este será o seu quinto ano na equipa, e o quarto consecutivo, desde que se juntou novamente em 2015. Assim, a dupla de Alonso e Vandoorne irá manter-se.

Alonso usa capacete da Indy no GP dos Estados Unidos

Fernando Alonso partilhou nas suas redes sociais que o seu capacete para o Grande Prémio dos Estados Unidos, terá o design do que usou na sua participação nas 500 Milhas de Indianápolis, em maio deste ano.

O capacete deverá ter as mesmas cores, apenas com a mudança do número 29, usado pelo espanhol na Indy, para o 14, o seu número de corrida habitual.

 

Alonso penalizado por ignorar bandeiras azuis

Fernando Alonso foi penalizado em 2 pontos na sua Super Licença, por ignorar bandeiras azuis.

 

 

Durante as últimas voltas do Grande Prémio do Japão, Fernando Alonso envolveu-se numa luta com Felipe Massa pelo último lugar nos pontos. 

Foi quando, na volta 51, encontraram o líder da corrida, Lewis Hamilton, que tentava escapar aos ataques de Max Verstappen, que foram mostradas bandeiras azuis para que se deixassem dobrar. 

De acordo com os comissários, já tinha sido dada a indicação de que o Mercedes se aproximava. Ainda assim, o piloto espanhol só deixou Hamilton passar na volta 52. O incidente foi analisado e foi considerado que, comparando com outros, era menos grave.

Esta foi a primeira reprimenda da temporada a Fernando Alonso.

Alonso com penalização no GP da Grã-Bretanha

Fernando Alonso irá voltar à terceira versão do motor Honda para o Grande Prémio da Grã-Bretanha, o que significa que será penalizado em 5 lugares na grelha de partida.

 

O piloto da McLaren já tinha usado esta versão do motor nos treinos livres do GP da Áustria, mas devido a uma falha encontrada a equipa decidiu regressar à versão anterior.

Ainda não se sabe se estas serão as únicas penalizações para o espanhol.

Ferrari não está interessada em Alonso

Depois de terem surgido rumores de que Fernando Alonso poderia estar em negociações com outras equipas como a Ferrari e a Mercedes, Sergio Marchionne, o diretor da Ferrari, descartou a hipótese do espanhol voltar à equipa.

 

"Talvez o Alonso queira regressar, mas não encontrou a resposta que procurava da nossa parte. Não estamos interessados."

 

Marchionne também desmentiu os rumores que envolviam a contratação de Max Verstappen, indicando que os pilotos para 2018 serão revelados no final do ano. Nenhum dos atuais pilotos tem contrato para o ano que vem, e é especulado que Kimi Raikkonen abandone a Fórmula 1 no fim de 2017.

Penalizações da McLaren aumentam

Já tinha sido confirmado que ambos os pilotos da McLaren iriam sofrer penalizações de 15 lugares na grelha de partida este fim de semana.

Mas agora, foi confirmado que estas penalizações aumentam, deixando Alonso com 40 lugares de penalização e Vandoorne com 30. A classificação realiza-se hoje às 14h, mas os pilotos irão partir da última linha da grelha.

A autora

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.